Image file medium

Vendas de material de construção ficam estáveis no primeiro bimestre

19 de Abril de 2017

Thumb venda mais

As vendas no varejo de material de construção no primeiro bimestre de 2017 tiveram desempenho similar ao registrado pelo setor no mesmo período do ano passado. “Na média, estamos 1% acima do mesmo período de 2016”, explica o presidente da Anamaco, Cláudio Conz.

De agosto de 2016 a fevereiro de 2017, o varejo de material de construção apresenta desempenho positivo de 4%, comparado ao mesmo período anterior.

Análise 

“Início do ano é um período tradicionalmente fraco para o nosso setor. O ano realmente só começa depois do Carnaval, até porque as pessoas têm outros gastos extras para se preocuparem nos primeiros meses do ano: IPVA, IPTU, matrículas escolares. Por conta disso, as pessoas acabam adiando as obras e reformas, porque elas exigem um planejamento maior no controle de gastos”, completa Conz.

Segundo ele, o setor deve ter um desempenho positivo de 3% no primeiro semestre de 2017, já que diversas medidas foram anunciadas até agora e devem influenciar positivamente, como é o caso do Cartão Reforma.

Conz lembra ainda que os bancos estão trabalhando para oferecer juros menores aos clientes interessados em programas de financiamento para reforma e construção. Além disso, o saque das contas inativas do FGTS também devem ajudar as famílias a investirem em melhorias na casa.

A pesquisa Tracking é realizada pelo Instituto de Pesquisas da Anamaco, com o apoio da Abrafati, Instituto Crisotila Brasil e Anfacer.