Medium f3

Vendas de material de construção crescem 8% em outubro sobre setembro

12 de Novembro de 2015

Thumb venda mais

A comercialização de materiais de construção no varejo teve um crescimento de 8% em outubro, em relação a setembro. Porém, comparadas a outubro de 2014, as vendas tiveram um decréscimo de 8%. Os dados são do estudo mensal realizado pelo Instituto de Pesquisas da Associação Nacional dos Comerciantes de Materiais de Construção (Anamaco).

Segundo o levantamento, as lojas de porte médio e grande foram as que registraram os melhores resultados no mês (12% e 13%, respectivamente). Nos pequenos estabelecimentos, o crescimento foi 2%. No acumulado do ano, o setor tem um desempenho negativo de 5%, mesmo índice dos últimos 12 meses.

“Já esperávamos uma melhora nas vendas em outubro, pois muitas lojas de material de construção estão fazendo promoções, tentando atrair o consumidor. Além disso, temos uma tradição no comportamento do brasileiro, que costuma investir em pequenas reformas para deixar a casa bonita para as festas de fim de ano”, explica Cláudio Conz, presidente da Anamaco. 

Trocando em miúdos

Todas as categorias pesquisadas registraram crescimento de vendas em outubro, principalmente revestimentos cerâmicos (11%), cimentos e telhas de fibrocimento (10%), tintas (9%), louças sanitárias (7%), metais sanitários (6%) e fechaduras e ferragens (5%).

No levantamento por regiões, o destaque ficou para o Sudeste (10%), seguido do Sul (9%), Nordeste (7%) e Norte (5%). No Centro-Oeste as vendas ficaram estáveis.

Em outubro, também diminuiu o otimismo dos lojistas com relação às ações do Governo nos próximos 12 meses. A intenção de novos investimentos também retraiu em todas as regiões, com exceção do Centro-Oeste e Nordeste e cerca de 11% dos entrevistados pretendem contratar novos funcionários em novembro.

A realização do estudo contou com o apoio da Abrafati, Instituto Crisotila Brasil, Anfacer e Siamfesp. Foram ouvidos 530 lojistas das cinco regiões do país entre os dias 27 e 30 de outubro.